Dívida Zero

A preocupação de Mula (err, Lula) c/o social é percebida até no exterior. Vejam esta manchete do jornal esquerdista argentino, Página/12: "Dívida zero ganha do Fome zero" Isso se deve logicamente ao pagamento antecipado de US$ 15,5 bilhões de dólares em dívidas c/o FMI.

Agora veja quem está contente c/isso:
Diretor do FMI diz que Brasil está de 'parabéns' por pagar dívida


Depois disso, ainda o Luladrão (ops, Mula; quer dizer, Lulla... ah, vcs sabem sobre quem é q estou falando) e seus asseclas tem a desfaçatez de conclamarem que todas as denúncias contra o seu governo não passavam de um "denuncismo barato" das classes ricas contra o legítimo governo proletário. Não existe na história política nacional, desde o fim da ditadura, um governo que tenha sido tão favorável aos banqueiros, que são a essência do capitalismo e pilares do liberalismo. O interessante que na página do governo cubano contra a globalização, destacam à Lulla como um dos expoentes na luta contra o capitalismo e o neo-liberalismo (incluindo uma foto do póster de campanha dele).